• Fogtec Ambiental

Destinação de resíduos sólidos. Dúvidas e respostas esclarecedoras.

A destinação ambientalmente adequada dos resíduos sólidos é de suma importância para as empresas tanto do ponto de vista do cumprimento dos requisitos legais, quanto para o mercado em geral que, cada vez mais, exige um compromisso sustentável das organizações. Para você ficar antenado acerca desse tema, hoje vamos abordar vários aspectos legais e também conceituais acerca da destinação de resíduos sólidos.

Existe uma legislação acerca da destinação adequada dos resíduos sólidos?

Existe sim e, vez ou outra, falamos dela aqui. Trata-se da Lei 12.305/2010, Política Nacional de Resíduos Sólidos, que em seu artigo 3º fala sobre a destinação final dos resíduos sólidos que inclui a reutilização, a reciclagem, a compostagem, a recuperação e o aproveitamento energético ou outras destinações admitidas pelos órgãos competentes (...).


Qual a importância das leis destinadas aos resíduos sólidos?

As leis não responsabilizam somente as empresas. Órgãos reguladores, Prefeituras e a própria sociedade se submetem às leia. Ainda, de acordo com as leis, os órgãos reguladores atuam na fiscalização da coleta, transporte, armazenamento, descarte e destinação final dos resíduos sólidos.


Quais são as formas de destinação final de resíduos sólidos mais utilizados?

Mais uma importante pergunta, pois existem várias formas de destinação e, se você der uma pesquisada em nosso Blog ou em nossas redes sociais, verá que já escrevemos sobre vários deles. Para você se informar, a seguir definiremos, mesmo que de forma objetiva.


Compostagem: Muito utilizado quando os resíduos são compostos por grande quantidade de matéria orgânica, como por exemplo, restos de alimentos.


Coprocessamento em fornos de cimento: É um tipo de destinação por meio da queima de resíduos em fornos de cimento com temperaturas acima de 1.200 °C, para reaproveitamento de energia, em que o material é utilizado como substituto ao combustível.


Reciclagem: É o processo de transformação dos resíduos sólidos, que envolve a alteração de suas propriedades físicas, físico-químicas ou biológicas, com vistas à transformação em insumos ou novos produtos.


Incineração: Decomposição térmica dos resíduos, com o objetivo de reduzir o volume e a sua toxicidade.


Aterro comum ou lixão: Forma de disposição final inadequada dos resíduos sólidos, visto que se caracteriza pela disposição de resíduos sobre o solo, sem medidas de proteção ao meio ambiente ou à saúde pública.


Aterro Sanitário: É a principal forma de disposição final adequada existente hoje, visto que é uma técnica que não causa danos ou riscos à saúde pública e à segurança.


Quais são os benefícios da destinação final correta?

Os benefícios são vários. Em artigo anterior do nosso Blog, percebemos que estratégias de sustentabilidade nas empresas respaldam a reputação e o posicionamento delas, criando uma cadeia de valor e um fortalecimento da imagem institucional perante seus stakeholders (clientes, parceiros, comunidade, etc.). Porém, acrescentamos que a destinação final adequada e legal contribuem para: a redução da poluição ambiental; diminuição dos gastos com a limpeza urbana; aumento da vida útil do aterro sanitário; minimização dos riscos de endemias; melhoria da autoestima dos habitantes, pois o ato de descartar corretamente os resíduos é um ato de cidadania; e melhoria da qualidade de vida.


A Fogtec Ambiental é referência no transporte de resíduos sólidos e na sua destinação legal. Somos parceiros dos municípios capixabas na gestão dos resíduos sólidos em conformidade com a Política Nacional.


Gostou do assunto? Compartilhe sua opinião conosco.

Fonte:

https://www.vgresiduos.com.br/


0 comentário

VEJA O MAPA

ENDEREÇO

R. Manoel Freire Corrêa, 584 - Santa Barbara, Cariacica - ES, 29145-210

CONTATO

Atendimento ao cliente : (27) 3344-5344

E-mail: contato@fogtecambiental.com.br
Whatsapp: (27) 99781-3851

Copyright © 2020 FogTec Ambiental Todos os direitos reservados.